Ucrânia: celeiro de vocações

16/02/2011 00:27

Pe. Geraldo Rodrigues

Boletim "Vivências" 232

Para cada três vagas em alguns seminários da Ucrânia, há três

candidatos, segundo Dom Jaroslav Pryryz, bispo auxiliar da Eparquia Greco-católica de Sambir-

Drohobych, na Ucrânia. O bispo disse que metade dos jovens que querem entrar para o seminário, em

algumas partes do oeste da Ucrânia, têm de desistir, devido à falta de espaço. Todos os candidatos para

o seminário têm de realizar quatro exames, que fazem parte do processo de seleção.

Quanto à situação econômica, na Ucrânia um terço da população vive abaixo da linha da pobreza,

ocasionada principalmente pelo prolongado período de perseguição por que passou o país. Com a ajuda

que recebem, principalmente dos católicos da Europa, “estamos construindo o templo de almas

humanas, cuja grandeza depende apenas da sinceridade dos esforços que cada um de nós faz, de acordo

com sua capacidade pessoal", lembra Dom Jaroslav, ressaltando que “muitos jovens vêem o positivo de

como a Igreja serve o povo e o negativo de quão difícil é a vida nas ruas e aldeias. A Igreja Católica dá

exemplo de serviço e sofrimento. Fazemos de tudo para promover a esperança que temos em comum".