Sacerdote assassinado nas Filipinas

No dia 17 de outubro/11, um missionário do Pontifício Instituto das Missões Exteriores (Pime) foi assassinado na Ilha de Mindanao, nas Filipinas. Padre Fausto Tentorio, 59 anos, dos quais 32 vividos nas Filipinas, foi assassinado por um desconhecido enquanto saía da Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, na localidade de Arakan. Como todas as segundas-feiras, tinha um encontro com os sacerdotes da diocese na casa do bispo. O assassino se aproximou do sacerdote e o matou com dois tiros na cabeça. Não se conhece a identidade do agressor nem a causa do homicídio. Segundo testemunhas, o assassino, que fugiu numa motocicleta, usava um capacete e foi impossível ver o seu rosto.  P. Tentorio trabalhava há muito tempo entre os grupos tribais da diocese, vivendo com eles. A sua evangelização compreendia também o compromisso para garantir sobrevivência e direitos a essas populações muitas expropriadas de suas terras e marginalizadas. P. Fausto Tentorio é o terceiro missionário do Pime assassinado nas Filipinas e na Ilha de Mindanao.

Pe. Geraldo Rodrigues

Boletim "Vivências" 476